Por que um baú?

Bem, quem acompanha minha tentativa de escrever algo que seja bom ao leitor,vai poder voltar aqui, abrir o baú e ler, pensare espero eu que comente nos textos afinal, esse baú é para guardar pensamentos.
Deixe aqui o seu também.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Conto de fadas...

- Como a gente se conheceu? Você lembra? - disse ela enxugando os pratos.
- Por que me perguntou isso? Você nem lembra o dia... – Disse ele olhando ela fixamente
- Claro que lembro... foi...
- Não lembra.. foi hoje..
- Serio? Já? 1 ano?
-Nossa....
- O que?
-JÁ 1 ANO, NOSSA SIM FAZ UM ANO QUE ESTAMOS JUNTOS.
-Não precisa gritar...
-Não é um grito sem motivo não é? Como pode... estou errado ou eu to sendo a mulher na relação?
- De certa forma sim... eu realmente não me toquei que era hoje...
- Bem, tudo bem... seu presente esta no quarto...
-Vai me entregar assim?
- É... com base no, não me toquei...
-... desculpe...
-Ta bom vai... deixa pra la... teu presente ta la, eu não tenho clima pra te entregar..
Ela sobe o lance de escadas passa pelo corredor, e abre a porta do quarto, na cama um vestido e próximo a ele um par de sapatos, o vestido um tom de vinho escuro, e um corte perfeito. O sapato combinando, alguém tinha perdido muito tempo procurando esses presentes...
Ela pega o vestido, para a frente do espelho... perfeito, os sapatos no numero exato, ela fica em duvida se deve ou não vestir.. por fim ouve uma voz.
- Se arruma.. o seu banho já ta preparado também.
- COMO?
-O vestido é só parte do presente....se arruma.
Ela entra no banheiro, a banheira com espuma e o cheiro dos sais de banho, ela entra. A água morna, como ela gosta... por algum tempo ela esquece do mundo lá fora, mas lembra que esqueceu de mais hoje.. e se arruma.
Ele por sua vez sentado no sofá, trajando um terno bem cortado, a vê descendo as escadas e mesmo um tanto quando deprimido sorri ao contemplar ela linda no vestido.
-Você esta linda
-Você também esta, olha eu ...
-shiii – disse ele tampando os lábios dela – Eu acabei de receber meu melhor presente...

Ela sorri sem jeito, e os dois saem , ele a leva em um lugar comum, um shopping. E ao subir a escada ele começa a dizer...
-Foi aqui que a gente se conheceu, lembro de tudo...- ele descreve todos os detalhes, as roupas que ela estava usando, como ela andou, onde parou, o que ele pensou, lembra até das falas... e ela, com olhos cheios de lagrimas água um remorso por ter esquecido.. ele segura as mãos dela e a leva ao terraço do shopping. Uma mesa solitária um balde e champangnhe.
- O que é isso? – Pergunta ela
-O meu presente.. vamos lembra a noite que nos conhecemos, e todas as outra noites depois dessa?
Vamos fazer a noite de um ano ser uma noite de retrospectivas... e perspectivas...vamos sonhar como vai ser o nosso próximo ano.
-NÃO..... vamos sonhar como VÃO SER OS PROXIMOS ANOS... é melhor..
Ele sorri ao ouvir ela dizer isso e enfim se beijam
Ele a olha nos olhos e diz.
-Feliz aniversário, meu amor
-Feliz aniversario... meu anjo.. – Diz ela...

Não existe final feliz na vida real, eles podem não ter vivido felizes para sempre, mas foram sempre felizes enquanto conviveram.

2 comentários:

Ana disse...

Um momento feliz vale mais que uma eternidade sem emoção.
Tudo bem, todos desejam um final feliz, se existe não sei, pois espero estar longe do fim para saber como ele é. Infelizmente as coisas não são como desejamos, talvez seja até felizmente, mas não deveríamos sofrer. Como disse o filósofo Heráclito de Éfeso, o principio de todas as coisas é o pensamento diáletico, o movimento de ideias antagônicas, tudo bem que ele viveu em 500 a.C, e isso não é o principio de todas as coisas, mas em certo ponto ele tem razão, às vezes precisamos do oposto para realmente enxergar como o belo é belo.

Não sei se conseguiu entender o que disse, espero que tenha entendido que não desejo o ruim para se descobrir o que é bom.

Devoradora e Cuspidora de Palavras disse...

Que seja eterno enquanto dure, é um bom lema para o feliz para sempre. Quem nem sabemos ate quando é o sempre neh