Por que um baú?

Bem, quem acompanha minha tentativa de escrever algo que seja bom ao leitor,vai poder voltar aqui, abrir o baú e ler, pensare espero eu que comente nos textos afinal, esse baú é para guardar pensamentos.
Deixe aqui o seu também.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Onde nasce um amor?

sério, é uma pergunta seria. Onde nasce o amor? Alguns vão levantar as mãos e dizer que nasce no coração na forma de uma falta de ar, ou falta de uma batida, ou ao contrario quando tudo acelera e o mundo a volta parece diminuir a velocidade.
Outros que é um pequeno anjinho que lança flechas de modo cego no peito alheio, fazendo com que alguém se apaixone por outro alguém, se for um cara mais pagão, pode dizer que é um satiro que derrama nos olhos dos jovens gotas de uma flor especial.
Se for cientista vai dizer uma explicação racional, que o amor não existe é fruto de reações hormonais e de substancias químicas despejadas pelo corpo, por causa de um cheiro, forma ou que seja.
Eu porem vou dar a minha opinião de onde nasce o amor.
O amor é fruto de uma junção de pequenos atos, podem ser vistos como tolos, aos dias de hoje mas são em sua essência a semente de um amor.e são elas
Dialogo.
Não existe como um amor nascer sem esse ponto, por mais que exista uma vontade de se conhecer outra pessoa, se essa pessoa não se abre. E não fala com você sobre tudo.

Confiança
Confiar em si já é um ato de amor, talvez por isso essa seja uma das ações mais importantes para se ter um bom amor. Confiança e gerar confiança. Sem isso, o dialogo perde o sentido e o amor é não cresce.
Verdade/cumplicidade
Nada mais justo do que os dois juntos, se for amar, ame verdadeiramente, se entregue de verdade, não faça as coisas esperando um retorno, amor não pede nada em troca, e assuma uma postura de cumplicidade, esteja disposto a assumir parte da culpa se não der certo, não aponte as falhas do outro, nem questione as razões, apenas entenda que a outra pessoa pensa diferente, apóie. Motive esteja presente.

Por fim mas não menos importante. O amor é a junção de pequenas coisa, como um sorriso sem motivo, apenas ao olhar nos olhos, um polegar apertando a mão, uma vontade de deixar a ponta do nariz grudar atrás da orelha, receber ou mandar um sms na mesma hora que esta penando em mandar um ou pensando que seria bom receber um, é ligar na hora exata que a pessoa precisa de alguém para falar, é reconhecer na voz o estado de humor, é fazer de tudo para melhorar o humor do outro, é abrir a porta, e se encantar com uma lágrima ao falar sobre a família, é curtir uma tarde inteira no chão vendo filme e saboreando um prato especial, e perceber nos pequenos pontos a imagem complexa da outra pessoa.
É preferir estar em meio a uma briga, mas com a outra pessoa do que estar em qualquer outro lugar com qualquer outra pessoa, e estar disposto a correr atrás de algo deixado mesmo que o objeto esteja no bolso, e não passar a Mão na cabeça, mas apertar o coração e dizer cresça, e lamentar um termino, uma despedida, um até logo, mas esperar ansiosamente um ola, um volta, um novo começo.
Talvez o amor seja na verdade uma junção de tudo, talvez seja realmente algo divino, pagão, cientifico ou mágico... talvez o amor, o verdadeiro amor não seja algo que mereça ser estudado, e sim sentido.

O verdadeiro amor não é o que passa tempos querendo aproveitar uma vida, nem recuperar o tempo gasto com outro amor...
Acho que amor é em sua
Uma mágica sem explicação, o big bang, é a evolução dos sentimentos... amor, amar é algo que não se aprende nem em milhares de anos. Por que amar é desejar realmente, de todo coração, alma, substancias e hormônios que a outra pessoa sinta ao menos 1% do que você esta sentindo, e deixar que esse sentimento saia de você e vire você e tome conta de você... ai somente ai, quando seus atos forem de amor impensado, por vezes louco e contraditórios a razão, eu, você e quem quer que esteja amando vai poder dizer...

EU TE AMO... e vai ser de verdade... por que um amor só é bom se for de verdade e por copleto.

Bem então o amor nasce no dia a dia...

4 comentários:

Eudes Bezerra disse...

- Caramba, danado, gostei de outros, mas este aqui tá muito, muito bom mesmo!
É aquela coisa: "que seja eterno enquanto dure". Não se permita esconder sentimentos verdadeiros de quem você deseja ou ama.

Parabéns, Brubs!

Devoradora e Cuspidora de Palavras disse...

O amor é sorvete em dia quente, é calmaria em dia de estress, é colo, aconchego, é o que nos faz viver mesmo que seja sofrido as vezes.
É tempero...

Ana Carolina disse...

Já posso dizer que sou sua fã!
(poderia ter dito bem antes rs)

Ótima definição de amor, paixão, adoração..
"o amor é a junção de pequenas coisas".

Ana Carolina disse...

E o amor sempre nessa toada:
briga perdoa perdoa briga.
Não se deve xingar a vida,
a gente vive, depois esquece.
Só o amor volta para brigar,
para perdoar,
amor cachorro bandido trem.

Mas, se não fosse ele, também
que graça que a vida tinha?

Mariquita, dá cá o pito,
no teu pito está o infinito.

Carlos Drummond de Andrade