Por que um baú?

Bem, quem acompanha minha tentativa de escrever algo que seja bom ao leitor,vai poder voltar aqui, abrir o baú e ler, pensare espero eu que comente nos textos afinal, esse baú é para guardar pensamentos.
Deixe aqui o seu também.

sábado, 31 de julho de 2010

Gente Grande não se entende.

- Pai? – Disse a voz infantil sacudindo a perna do jovem que olhava atentamente pela janela, os cotovelos apoiados e o rosto ao vento..
- Opa, diga lá Campeão, o que foi? – Disse ele abaixando e olhando o pequeno garoto nos olhos, um sorriso fácil sempre cortava seu rosto quando ele via pequeno menino correndo ou então assim de braços unidos a frente do corpo segurando seu próprio rosto...
- Por que vovô diz que é errado dizer que o copo esta meio vazio? - O garoto disse isso inclinando a cabeça curiosamente, como quem espera ouvir uma resposta inteligente, diferente das “por que sim” que algumas “gente grande” costumam dizer a ele.
- Sabe filho, é uma boa pergunta, é que para muita gente dizer que algo esta “Meio vazio” é uma coisa ruim que a gente chama de Pessimismo, sabe, é como repetir que algo vai dar errado antes mesmo de começar a fazer, mas não é por que você já viu dar errado e sim por que você não “acredita” que possa dar certo... então se a gente diz que algo esta “meio vazio” ou “meio chato” estamos vendo o lado ruim, a chance ruim das coisas, poderíamos dizer que esta “meio cheio” e “estava quase bom” entende? Assim trazemos uma coisa boa ao invés de algo ruim entendeu?
- Entendi que Gente grande não se entende....
Ele parou, agora era o jovem que inclinava a cabeça e curioso para entender o que ele quis dizer com isso..
-Como assim filhão?
-A Pai, Gente grande que da nome a tudo, né?
-Sim, mas alguma coisas foram vocês que deram nomes.
-Humm... fala serio... é sempre alguém adulto que deu nome...
- Ta ok é sim foi sempre um adulto que deu o nome mas por que a gente não se entende.
-A, vocês dizem que é ... pe...perci...
-PE...SI...MIS...TA..- Disse lentamente para o filho entender a pronuncia.
- Pessimista, que não é legal dizer meio vazio, mas quando é em doce é Meio azedo, Meio amargo.. e logo doce que é tão bom... não da pra entender....
Dito isso o menino saiu correndo, e deixou ali um jovem de joelhos, próximo a janela... pensando com um sorriso ainda maior no rosto...
O menino tem razão... a gente.. GENTE GRANDE NÃO SE ENTENDE...
O jovem se levantou... correu atrás do filho e fazendo cócegas em sua barriga disse uma vez mais... Filhão eu te amo....
E ouviu dele entre as risadas eufóricas um também te amo pai...
E assim a tarde que estava quase boa... terminou perfeitamente perfeita...

4 comentários:

Anônimo disse...

Gostaria muito de saber o seu e-mail.

Brubs disse...

E eu gostaria de saber quem é ja que anonimo eu não conheço nenhum...

Anônimo disse...

Obrigada!

Brubs disse...

não tem por que agradescer, se não me diz quem é por que eu devo dizer meu e-mail?