Por que um baú?

Bem, quem acompanha minha tentativa de escrever algo que seja bom ao leitor,vai poder voltar aqui, abrir o baú e ler, pensare espero eu que comente nos textos afinal, esse baú é para guardar pensamentos.
Deixe aqui o seu também.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

APELO A VIDA

Um apelo, é estranho começar assim mas é verdade, hoje venho fazer um apelo, o ano esta acabando e com ele vem surgindo a esperança de realizar sonhos, de buscar algo novo, de fazer algo que não foi feito, muitos e eu me incluo nesse grupo, pensam e planejam as coisas muitas vezes baseando-se no material, no que quererem conseguir, nas conquistas materiais. Bem não é errado querer uma estabilidade financeira, não é errado querer um bom carro ou casa claro que não é... mas e o que pensa em relação a sentimentos? Em relação ao outro?
Com tanto pai matando filho por ai, com tantas Isabela, Pedro, Mercia e Elisa eu me pergunto o que passa pela cabeça de cada um hoje, as vésperas de um ano se fechar? Será que a soma de fim de ano foi positiva? Meu apelo é simples.
Vamos na hora da virada pensar em quem não pode completar mais um ano de vida, quem não pode ver os fogos, brindar o ano novo, ou ano bom, vamos comer as uvas saltar as ondas subir na cadeira, fazer as oferendas por essas pessoas, esses seres que foram privados de comemorar junto aos seus, essa data.
Vamos olhar a quem esta do e imaginar se gostaríamos de comemorar um ano sem um filho, esposa, pai, mãe, se seria a mesma coisa... vamos sim comemorar a virada do ano, vamos ser positivos vamos olhar para essas pessoas e pensar que muitos anos vão vir, e muitos outros depois, mas não vamos fechar os olhos ao lado negro da nossa sociedade.
A gente já passa o ano todo de olhos fechados, julgando tanto o desabrigados, os sem teto sem posses, sem família, sem afeto sem comida... então no ano novo, quando a mesa estiver farta eu faço o apelo de que pense no fim da violência, que pai nunca mais mate um filho, que filho não mate pai, que não tenha mais esse mundo louco... mas peço também se me for permetido, que pegue um ou dois pedaços de seu pernil, de seu chester, faça um ou dois pratinhos de comida. Va a rua, procure perto de sua casa, certamente deve ter alguém encolhido no canto sem ninguém saudando a ele bom ano. Faça isso. Quebre a corrente de descaso e abra os olhos a VIDA abra os olhos aos SERES VIVOS...
Meu apelo pode ser entendido mais diretamente assim...
VAMOS VOLTAR A VIVER, VAMOS VOLTAR A SORRIR A SAUDAR A QUEM PASSA NA RUA VAMOS VOLTAR A SER SERES HUMANOS... NÃO APENAS SERES VIVENTES.
DESEJO A TODOS SERES HUMANOS UM FELIZ ANO NOVO, UM FELIZ ANO BOM
E UM FELIZ REGREÇO A VIDA.

Um comentário:

Maria Rita disse...

Lindo Post!

Beijos e um Feliz Ano Novo pra Ti também!!!