Por que um baú?

Bem, quem acompanha minha tentativa de escrever algo que seja bom ao leitor,vai poder voltar aqui, abrir o baú e ler, pensare espero eu que comente nos textos afinal, esse baú é para guardar pensamentos.
Deixe aqui o seu também.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Tentativas.

A menina de vestidos sujos sentada no gramado sorria com o sol suave que mas parecia um abraço carinhoso, ela de joelhos na grama brincava ainda com suas bonecas e miniaturas de fogão e armários, sentados no banco o jovem casal ria cada um a sua maneira com os trejeitos desajeitados da menina sob o sol suave.
- A gente tem que decidir logo, não da para esperar mais, não esta sendo bom pra gente, muito menos pra ela. – disse a jovem sorrindo ao ver a filha acenar.
- Eu sei, também não tenho gostado do jeito que esta, acha que gosto de ir toda semana para La e deixar vocês sozinhas aqui? Acha que gosto de ficar longe dos abraços, e beijos?
- É ela sente sua falta.
- E eu sei, mas e você?
-... Você sabe... é difícil.
- Sabe ela me ligou esses dias, pegou seu celular e me ligou, sem querer eu sei, mas foi bom, por 5 minutos fiquei ouvindo ela brincar com as bonecas... mas ao fundo...
- O que tem?
- Eu ouvi você falando com sua amiga... Você esta mais infeliz que ela não é?
-...
Os dois se olharam por um minuto até que sentiram as mãos pequenas de sua princesinha tocando as mãos deles, quase como ensaiada mente olharam ao menina e disseram.
-O que foi princesa?
-HE HE HE. Pai, mãe. A gente se ama muito né?
- Sim – disseram novamente na mesma hora.
-Por que a gente não mora junto?
-...
Os dois jovens não sabiam responder a essa pergunta e nem as outras tantas que vieram anos depois, nem tão pouco souberam lidar com as mudanças da puberdade, nem com as crises por não conquistar o garoto da escola, ou por não ter o vestido certo na noite de formatura... mas o importante é que mesmo sem respostas, mesmo achando que não saberiam como fazer ou se poderiam fazer eles fizeram...
Hoje a princesinha tem seus filhos, e tem nos pais, a imagem perfeita de quem vive não somente com conquistas e vitórias mas sim as tentativas... e na tentativa que se conquista mais do que apenas uma vitória... e sim um aprendizado...
Hoje os jovens avós sabem como lidar com todas mudanças, perguntas e puberdade de seus netos... e dos filhos que vieram depois... e hoje puderam responder a velha princesa
- A gente morava longe por que não sabíamos que você amava a gente junto...

Nenhum comentário: