Por que um baú?

Bem, quem acompanha minha tentativa de escrever algo que seja bom ao leitor,vai poder voltar aqui, abrir o baú e ler, pensare espero eu que comente nos textos afinal, esse baú é para guardar pensamentos.
Deixe aqui o seu também.

sábado, 8 de janeiro de 2011

Relatividade

As horas pareciam dias, os dias meses, os meses anos, e os anos eram como eras sem fim, ele sentado a mesa cheia de livros e uma pequena luminária mantinha sua cabeça funda nos estudos, que ironicamente eram ligadas ao tempo... física e relatividade.
Os olhos vermelhos dele pendiam de pagina para pagina, de formula a formula mas foi um pequeno bilhete preso entra as paginas que o fez perder mais tempo. Um bilhete antigo escrito em comanda de bar, “Se dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço, como você não sai de mim!?”
Ele sorriu, lembrou do dia no bar, eles dois juntos a uma pequena mesa bistrô, um copo de suco no fim, e uma taça de vinho pela metade, ela de cabelos negros caindo suavemente sobre os olhos e por trás das orelhas, lembrou que musica tocava “One – U2” e se lembrou das horas de conversas e principalmente do fim dessa noite.
Ela abrindo o portão do prédio, um abraço e beijo no rosto de despedida, ela entre e fecha a porta ainda sorrindo pelas janelas de vidro, ele vira as costas sorrindo, caminha até a esquina e assim que entra no taxi, envia uma mensagem dizendo um simples “saudade”... mas depois recebe uma mensagem dizendo
“E como pode sentir saudades de algo que nunca deixou? Você não me deixou um segundo se quer, continua comigo o tempo todo. Obrigado por essa noite, Beijo”

assim que chega em casa... sorrindo como um louco, senta-se no sofá e lembra-se.
Que a noite foi curta... tão curta que o dia parecia ter 12 horas apenas...
E então ele entendeu a formula a sua frente... tudo é relativo, tudo depende de como se vê a cena, o que é bom passa rapidamente, como a noite com ela, mas as horas sem ela se arrastam como séculos...
Ele sorri e reclinando a cabeça e olhando para o sofá vê ela enrolada no lençol vendo filme na TV...
Ele sorrindo pensa... “Esta na hora de acelerar um pouco o tempo...”e foi se juntar a ela para ver o tempo acelerar como seu peito

Nenhum comentário: