Por que um baú?

Bem, quem acompanha minha tentativa de escrever algo que seja bom ao leitor,vai poder voltar aqui, abrir o baú e ler, pensare espero eu que comente nos textos afinal, esse baú é para guardar pensamentos.
Deixe aqui o seu também.

domingo, 27 de março de 2011

Poema

Quem é ela.
weverson Garcia - 27/03/11

Quem é ela? Quem é essa menina
que minha alma corta, destrói
quem é ela, que faz e nem sabe como dói.
quem é que a minha mente azucrina

É ela que me põem de lado, no canto
como cadeira triste sem acento
me vejo tomado por esse pranto
mas sempre de olhos abertos, atento

Atento a ela que me da as costas
ali sentado no canto sem função
me vejo rezando de mãos postas
mas o vento leva embora a oração

E a luz suave vem lambendo a parede
aquecendo a sala fria, me despertando
e logo o dia inunda e mata minha sede
mas não a sede que vem me matando

Tenho sede dos olhos castanhos, cerrados
dos cabelos entre os dedos
do polegar nas costas da mão apertados
de perder com o sorriso meus medos.

Tenho saudades de algo que não tive
tenho saudades do que sempre busquei
tenho saudades, do que hoje não se vive
tenho saudades do que sempre sonhei.

Tenho saudades que me fazem parar
saudades de gritos que ainda encontro
saudades do brado bem alto, estrondo
saudades de dizer que voltei a amar.

2 comentários:

Marcele Faria Ѽ disse...

simplesmente Lindo! ;)

taisesanto disse...

Profundo e intenso...
Gostei muito!
Beijos!

T.