Por que um baú?

Bem, quem acompanha minha tentativa de escrever algo que seja bom ao leitor,vai poder voltar aqui, abrir o baú e ler, pensare espero eu que comente nos textos afinal, esse baú é para guardar pensamentos.
Deixe aqui o seu também.

sábado, 23 de abril de 2011

Malogrado.

Hoje eu pensei em escrever um texto enorme sobre tanta coisa que nem teria titulo, seria apenas um monte de frases perdidas a quem fosse ler, ao menos eu acho que se uma certa pessoa fosse ler entenderia ele por completo... mas então as horas me fizeram perceber a tolice que seria... e eu me pequei pensando em escrever esse pequeno texto..
“certa vez, um jovem disse a uma certa donzela em sua torre, ( Me encanta ) a donzela fechou a janela, e disse, não, ainda não estou pronta, talvez nunca esteja, mas se um dia estiver, será o primeiro a saber.O jovem fechou os olhos e disse que deixaria ela em seu lugar, mas esperaria um dia poder dizer e ter com ela tudo que tinha vontade...
Mas o tempo passou e certa vez o jovem pode ver ao longe alguém subindo a torre alta.. alguém tinha com a donzela um encontro...e ele tinha dela apenas saudades...”

O motivo.... bem Cecília Meireles já tinha dito.

"Nunca eu tivera querido
Dizer palavra tão louca
Bateu-me um vento na boca
E depois no teu ouvido
Levou somente a palavra
Deixou ficar o sentido

O sentido está guardado
No rosto com que te miro
Nesse perdido suspiro
Que te segue alucinado
No meu sorriso suspenso
Como um beijo malogrado

Nunca ninguém viu ninguém
Que o amor pusesse tão triste
Esta tristeza não viste
E eu sei que ela se vê bem
Só se aquele mesmo vento
Fechou teus olhos também"


Bem,... eu mantenho minha frase... copiada de Oscar Wilde
“Posso te esperar pra sempre... só não se atrase muito”

Muito embora... hoje eu tenho um sentimento amargo em minha garganta.

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Pensamentos soltos

É tão estranho quando a gente fecha os olhos e a noite parece passar rapidamente, quando na verdade seus pensamentos são de que ela passe lentamente, sem pressa alguma apenas passe bem devagar.

Mas é mas estranho ainda quando a gente deita a cabeça no travesseiro, tendo ao lado a companhia agradável de The corrs, U2, The smiths com os pensamentos perdidos não em algum lugar mas em algum momento da vida, a gente deixa a mente ir e voltar, as vezes inventando um futuro, as vezes remoendo um passado... mas sempre deixando o presente ali... congelado ou ao menos tentando ficar assim.

O mais inquietante é que você meio que adormece ouvindo alguém cantando de um amor que ficou marcado, que permaneceu na boca, e acorda ouvindo alguém falar que esta destruído como a Natalie em torn, mas teve sonhos simples calmos e até mesmo bons... mas sonhos que são exatamente isso... sonhos... nada alem de sonhos... por mais que se tente realizar... são apenas sonhos.

As vezes a noite passa tão louca, as vezes de trás pra frente, outras tantas com rombos no meio que parecem um quebra cabeça que foi feito dos cantos para o centro... mas todas as peças do centro estão faltando... embora quem olhe com cuidado sabe muito bem o que se esconde ali no vazio....

Sei, essas noites loucas e longas, lamentavelmente levam as lagrimas languidas e lentas que lambem lascivamente o lúgubre e lastimado rosto...e assim lenta e luxuosa de enfeites as noites passam sempre assim presas a uma lembrança de um devaneio perdido.

A noite, fecha um ciclo da vida ou o ciclo da vida tem inicio na noite? Ninguém pode responder pergunta tão louca, de certo nem mesmo quem a fez, mas se é como dizem que quem ama se prenda por vontade. A quem diga que Amar Cela uma vontade verdadeira, um sonho louco...
Um desejo sem sentido...

Que a noite liberte os sonhos que o ato de Amar cela em minha mente.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Por que as pessoas teimam em envelhecer?

Sério, não sou contra a passagem dos anos, muito pelo contrario acho que é natural e por isso válido mas... por que algumas pessoas teimam em envelhecer da maneira errada.
Dia após dia eu realmente brigo, luto e não desisto nunca de manter em mim essa vontade mesmo que infantil de ser feliz, de aproveitar, de rir de curtir o que posso curtir, e digo a quem quer que seja, que isso não tira de mim as responsabilidades que devo ter com a idade que o tempo me deu.
Não entendo quem por ganhar mais uma ano, por ter completo 23, ou 35 anos de vida deixa de rir de uma piada deixa de entender uma brincadeira, ou esquece como é bom rir de si mesmo, como seria bom se todo mundo pudesse uma vez na vida se olhar no espelho e rir de todas as burradas que fez na vida. Mas nem todo mundo sabe fazer isso
Alguns, e eu fazia isso admito, tem a mania de ver as burradas e se lamentar e assim envelhece, deixa de ser um cara feliz e passa a ser um cara amargurado que esquece que tudo tem dois lados e que uma frase de duplo sentido tem todo direito de ser convertida e transformada em piada sim. Que uma foto pode e deve ser vista com olhos irônicos e brincalhões.
Claro todos sabemos que tem hora pra brincar, não vamos ficar curtindo a vida sempre sem ter um mínimo de atenção as coisas da vida, mas devemos ter o mínimo de bom senso e entender que uma brincadeira nunca é feita, se for realmente brincadeira, para magoar ninguém.
Eu já recebi inúmeras brincadeiras de amigos, fui literalmente zoado por muita gente e por coisas que me faziam mal, mas aprendi a ver que “eles não sabiam que me fazia mal”. Então eram brincadeiras e não um motivo para me atingir.
Chutar uma bola e atingir a cara de alguém é um erro em meio a uma brincadeira, mas chutar a bola querendo atingir a cara de alguém tem uma grande diferença.
Acho que as pessoas que “cresceram” e esqueceram como se brincar e se divertir deveriam ter filhos, ou não, tenho até medo disso, por que imagino os filhos “adultos” que vão surgir... e isso me preocupa.
Eu Já brinquei com coisas que podem ter atingido alguém, já brinquei com coisas que podem tem ofendido e magoado alguém, mas sempre foi como uma bola chutada pra frente que acidentalmente atingiu alguém, e nunca chutei com a certeza de atingir e derrubar alguém, até por que se eu quisesse fazer isso, bem eu não estaria nem brincando com essa pessoa estaria BRIGANDO.
Tenho hoje a meu lado 2 grupos de amigos, os que sabem como eu sou e sabem que brinco e que curto minha vida e que sou feliz e aproveito o que posso aproveitar, e que sabem que quando precisam de mim eu to la serio e me fazendo presente, mesmo que esses nunca estejam presentes a meu lado nas horas que precisei.
E tenho os amigos ditos “maduros” que de tão maduros são pedras... e pedras todo mundo sabe que se você bater mesmo que de leve, ou deixar cair em meio a uma brincadeira, se parte...
E digo de verdade. Se é um dos amigos que se magoa com uma brincadeira, se é um dos ditos amigos que não sabe o valor de uma BRINCADEIRA sem o INTUITO de ofender ou causar magoas a outro, bem se for esse tipo de amigo... valeu por tudo e boa vida ai.
Quer ser maduro, ou MAS DURO seja. Eu quero Ser FELIZ, brincar, ser motivo de brincadeira... a vida já é dura de mais... não seja um “ MAS DURO”