Por que um baú?

Bem, quem acompanha minha tentativa de escrever algo que seja bom ao leitor,vai poder voltar aqui, abrir o baú e ler, pensare espero eu que comente nos textos afinal, esse baú é para guardar pensamentos.
Deixe aqui o seu também.

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Pensamentos soltos

É tão estranho quando a gente fecha os olhos e a noite parece passar rapidamente, quando na verdade seus pensamentos são de que ela passe lentamente, sem pressa alguma apenas passe bem devagar.

Mas é mas estranho ainda quando a gente deita a cabeça no travesseiro, tendo ao lado a companhia agradável de The corrs, U2, The smiths com os pensamentos perdidos não em algum lugar mas em algum momento da vida, a gente deixa a mente ir e voltar, as vezes inventando um futuro, as vezes remoendo um passado... mas sempre deixando o presente ali... congelado ou ao menos tentando ficar assim.

O mais inquietante é que você meio que adormece ouvindo alguém cantando de um amor que ficou marcado, que permaneceu na boca, e acorda ouvindo alguém falar que esta destruído como a Natalie em torn, mas teve sonhos simples calmos e até mesmo bons... mas sonhos que são exatamente isso... sonhos... nada alem de sonhos... por mais que se tente realizar... são apenas sonhos.

As vezes a noite passa tão louca, as vezes de trás pra frente, outras tantas com rombos no meio que parecem um quebra cabeça que foi feito dos cantos para o centro... mas todas as peças do centro estão faltando... embora quem olhe com cuidado sabe muito bem o que se esconde ali no vazio....

Sei, essas noites loucas e longas, lamentavelmente levam as lagrimas languidas e lentas que lambem lascivamente o lúgubre e lastimado rosto...e assim lenta e luxuosa de enfeites as noites passam sempre assim presas a uma lembrança de um devaneio perdido.

A noite, fecha um ciclo da vida ou o ciclo da vida tem inicio na noite? Ninguém pode responder pergunta tão louca, de certo nem mesmo quem a fez, mas se é como dizem que quem ama se prenda por vontade. A quem diga que Amar Cela uma vontade verdadeira, um sonho louco...
Um desejo sem sentido...

Que a noite liberte os sonhos que o ato de Amar cela em minha mente.

Nenhum comentário: