Por que um baú?

Bem, quem acompanha minha tentativa de escrever algo que seja bom ao leitor,vai poder voltar aqui, abrir o baú e ler, pensare espero eu que comente nos textos afinal, esse baú é para guardar pensamentos.
Deixe aqui o seu também.

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Clik

http://www.flickr.com/photos/o_design_do_brubs/



Ajustou o foco o tempo de exposição e “click” “fotografar não é tão complicado”, pensou ele “o complicado mesmo é achar o momento certo” continuou a caminhar o vento frio passava em seus cabelos e gelava a ponta de seu nariz, vez por outra um raio de sol cortava as grossas nuvens e ele se pegava levantando o rosto para eles... as vezes como por destino ou mágica esses mesmos raios de sol iluminavam perfeitamente o tema de sua foto...
Aquele parque era como seu Studio preferido, toda vez que ia ali passava horas e horas fotografando insetos, flores.. e o lago Não existia ali nada além de seus motivos, seus planos de fundo e luz de preenchimento... nada alem de planos macro ou paisagens...
Ele contornava a trilha por baixo da velha torre quando viu a sua frente uma jovem mãe de mãos dadas com sua filha, logo atrás um jovem pai orgulhoso fotografava as duas... ele sentou-se no banco
Acertou obturador, a câmera para fotos p.b, diminuiu o tempo de exposição e
- OI!!! - Disse a menina saltando a sua frente
- oi... – Respondeu ele também em um salto assustado.
- O que o senhor ta fazendo!?
- Fotografando – disse ele em um sorriso tímido meio sem saber o que falar.
-Meu pai também! Ele ta fazendo um álbum meu e da mamãe. E você?
- Eu... bem... eu to fazendo fotos de coisas bonitas
-AA então tem que fazer uma da mina mãe... ela é linda – disse apontando para a mãe que vinha se aproximando um tanto tímida.
- ... desculpe ela é muito curiosa.
- A curiosidade é uma coisa boa. Acredite - Disse ele pondo-se de pé por educação
-Posso ver suas fotos!? – perguntou a menina sorrindo encantadoramente
Ele ajoelhou-se e começou a mostrar as fotos. Insetos,folhas, uma flor bem de perto, um lago com folhas na superfície, a luz do sol entre as arvores,um casal se beijando sentados em um banco de pedra, um macaquinho curioso em um galho, um pássaro banhando-se em uma fonte... e a cada foto a menina sorria e olhava para ele com os olhos mais vidrados...
- Nossa... que lindooo, eu quero o macaquinho onde ele ta?
- a deve estar em algum lugar ai no parque... comendo ou dormindo – respondeu o pai dela apressadamente e acrescentou – Vamos filha temos que ir.
- Certamente o macaquinho esta agora no caminho para a saída, ele adora ver a gente chegando e saindo...é muito curioso... assim como você. – disse do fotografo colocando a ponta do dedo no nariz dela... e perguntou – Posso fazer uma foto de sua filha?
Os pais acenaram que sim com a cabeça e a menina perguntou
-Isso por que eu sou curiosa?
-Não... por que é uma coisinha linda – disse o fotografo sorrindo
Ela olhou para a mãe e “clic”...
-AAAAA eu não estava preparada
-E quem disse que se esta preparado pra tudo na vida? Mas veja a foto...
Ela olhou e La estava ela, com olhos brilhantes com a luz do sol suave em seu rosto, o fundo borrado de escuro e brilhantes pontos de luz... ela parecia uma fada,...
- Nossa ... olha mãe como eu to linda?
- Ta sim filha... ta sim
a família se afastou e o jovem fotografo ficou ali sentado no banco revendo as fotos e pensando....
Eu não estava preparado..... mas a vida surpreende tanto...
- OI, eu esqueci de fazer uma coisa moço...
-o que?
“clic”
-Tirar uma foto de uma coisa legal que vi no parque – disse ela e virou-se dizendo “ Tchaw...
...
Sorte deles... pensou mais uma vez... sorte deles terem um ao outro e essa princesa com eles.
Levantou-se e seguiu fotografando coisas menos importantes que uma menina de olhos brilhantes.

Nenhum comentário: