Por que um baú?

Bem, quem acompanha minha tentativa de escrever algo que seja bom ao leitor,vai poder voltar aqui, abrir o baú e ler, pensare espero eu que comente nos textos afinal, esse baú é para guardar pensamentos.
Deixe aqui o seu também.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

DOR

Descobri qual o sentimento mais egoísta que existe, e me surpreendi com isso achava antes que esse sentimento unisse as pessoas, mas acho que quando isso acontece é a famosa exceção da regra... esse sentimento meus amigos... a gente convive com ele desde pequeno, mas ainda assim somos incapazes de entender e suportar... o sentimento da dor... é o sentimento mais egoísta que existe.
Nunca vi alguém que sentindo dor, uma qualquer, se pergunta-se se sua dor é maior, pior, melhor ou mais suportável que a dor do outro, as nossas dores nos cegam as dores alheias, a gente esquece de tudo a nossa volta, e se concentra unicamente em sanar, curar, fazer a dor parar... e quando não podemos, pedimos a alguém para ajudar com a famosa frase “faz parar” sem saber se este a quem falamos também sente dor...
A gente sente uma dor, uma dor terrível, e esquece que alguém pode ter passado anos sentindo uma dor lasciva massacrante, e mesmo assim a gente pensa que a nossa dor, essa que estamos sentindo agora, é a pior dor do mundo.
As vezes a dor que sentimos foi causada por alguém, foi feita por alguém sem cuidado, sem preocupação sem atenção, e a gente sente essa dor, tem vontade de matar a pessoa... mas não olhamos que ela tem nela todos os traços de uma dor terminal, uma dor triste que não existe anestésico que resolva...
E por falar nisso, eu sou alérgico a anestésicos, sinto toda dor, em tudo, de uma ida ao dentista a um corte para retirada de um cisto ou biopsia... talvez por isso eu possa dizer que sempre que sinto dor acho uma coisa normal, nunca fui anestesiado por nada, acho que sou um cara que provou de tudo realmente, da dor a uma alegria...
Eu tenho me perguntado se existe culpa na dor alheia, se realmente alguém é culpado por uma dor sentida? Acho que depende muito da dor... mas não vamos ser egoístas e achar que somos sempre os certos em tudo e que a dor que sentimos é culpa de outra pessoa, apenas, é nossa também.
O prego não tem culpa de ser pisado, o martelo não tem culpa de acertar o seu dedo, fulano não é culpado por não amar a uma certa pessoa, nem sicrano é culpado por se preocupar com beltrano... e beltrano pouco se importar com isso por que esta preocupado de mais com sua dor.

A dor é sem duvida o sentimento mais egoísta que existe e mesmo nas horas que une as pessoas o faz por egoísmo, une para que alguém pare de sentir dor, e quando para de sentir pouco se importa se a outra pessoa esta sentindo-se bem ou não...
Você pode ir a um velório sanar a dor de alguém, ou ao menos tentar já que isso somente a pessoa pode curar, mas você vai dar seu carinho a dor... por egoísmo... para que você se sinta melhor... pela perda alheia... você quer sentir-se bem acreditar que fez algo de bom... e assim diminuir a SUA dor.
A dor é um sentimento, um sentido uma guia um mal, uma proteção e ainda assim não é vivida por todos como algo comum, algo que acontece e passa... ou melhor.. quando é para os outros passa, mas na gente é sempre para sempre e sem volta... sem fim...
A dor é sem duvida... egoísta de mais... quer ter todos os sentidos trabalhando unicamente para ela, e as vezes até toma a vida...

Eu estava em um momento egoísta... vivia minha dor... aquela dor... sabe..A DOR? Pois é... acontece que abri os olhos e vi que tem muita gente sentindo “A DOR” a minha volta...
O chato é que a minha dor não é percebida por ninguém... nem por quem eu causei uma dor, e nem por quem me causa dores... engraçado né?
Acho que vou ser egoísta de novo e esquecer a minha dor... se doer mais tarde... bem... vou ao dentista... dizem que uma dor cura a outra...

Nenhum comentário: