Por que um baú?

Bem, quem acompanha minha tentativa de escrever algo que seja bom ao leitor,vai poder voltar aqui, abrir o baú e ler, pensare espero eu que comente nos textos afinal, esse baú é para guardar pensamentos.
Deixe aqui o seu também.

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Por do sol




Sentados um ao lado do outro, mantém os olhos fixos na paisagem a frente, o sol se põe ao longe, e as colinas verde vão tingindo-se de dourado e aos poucos tornando novamente a ficarem verdes e escuras, as montanhas que agora cobrem o sol tem suas bordas brilhantes e o céu um tom suave de violeta e laranja. Conforme a luz do sol vai se afastando pontinhos brancos vão surgindo na cidade lá em baixo.
- É realmente lindo, você tinha razão – disse ela apoiando a cabeça em seu ombro.
-...
- O que foi?esta tão calado? Aconteceu alguma coisa?
- As vezes eu não sei o que falar, é isso.
- Como assim não sabe o que falar?
-Já ficou alguma vez na vida sem palavras? E por mais que buscasse de verdade encontrar um, adjetivo, ou elogio para algo não encontrava?
-Sim isso se chama “branco” sabe... DEU BRANCO!
- Não sua boba – disse ele tocando a ponta do nariz dela - Não é isso... é que tudo que eu penso em dizer parece errado... pouco... imperfeito.
- Como assim?
- olha... a quanto tempo a gente se conhece?
- Nossa. Muito tempo... mas o que tem isso?
-É que ....
-Vamos fala? Sem medo, somos amigos né?
- Somos... e eu acho que é mais que isso
-Como assim?
- Eu disse a pouco que o que quero dizer as vezes me parece errado não é?
- Sim... disse... mas..
-Então... olha... na verdade eu sou seu amigo... mas não por que eu queira e sim por que é só o que posso ser nesse momento... você... bem... nossa.. você esta apaixonada por outro rapaz, esta até namorando ele... e eu ... bem ... eu te amo.
-...
- é eu sabia que tu ficaria muda... não iria falar nada... é eu sei.. besteira minha, mas é verdade... eu te amo... no inicio pensei que poderia apagar isso, viver uma vida normal e ser seu amigo mas... toda hora eu penso em você e quando beijo alguém... eu sinto que estou beijando você... eu te trouxe aqui por que todo fim de tarde eu vinha aqui sentava e ficava vendo a cidade la em baixo pensando no que você estava fazendo... e as vezes eu chorava por isso.
-...
- É eu sei... loucura minha você é linda, uma mulher linda.. tem tudo pra ser feliz, ter sucesso e se dar bem na vida... e eu o que eu tenho? Um punhado de gatos, umas tantas contas para pagar, uma carreira mediana, ele tem tudo que tu busca, pode te dar uma vida segura, um café da manhã de novela... um carro na porta... eu nem carro tenho.
-...
- Toda vez que eu pensava em te dizer isso minha garganta secava, eu até tentei umas tantas vezes, mas sempre era a hora errada, ou então você me dizia algo e eu perdia a coragem, então você começou a sair com ele e eu pensei que poxa... ok ela vai ser feliz e tal.. eu vou conseguir esquecer... mas.. não... não consegui... toda vez que eu pensava em dizer algo acontecia... algo que me fazia parar de falar ou de dizer isso e eu não conseguia fazer mais nada a não ser sonhar e ficar te vendo.
-...
- E se eu te escrevesse alguma coisa... como eu fiz inúmeras vezes... eu sempre achava que era pouco que cada linha era insuficiente... você merece sempre mais.. e eu nem posso te dar isso... eu... eu sou tão limitado... tão besta por acreditar que uma mulher linda como você iria olhar para mim e pensar da mesma forma... sabe... eu nem devia ter dito isso... é ridículo... mas... é verdade... agora que disse não posso voltar atrás... olha... eu te amo... não existe um dia que não pense em você e não inveje ele por estar com você. é isso que tenho pra dizer
-...
- ... viu... estraguei tudo...
- Não... é que ... eu não sei o que dizer...
-...como assim?
- Sabe... você é especial pra mim... queria poder te dizer um monte de coisas... mas...eu não mando em mim... ao menos nesse aspecto... eu não sou dona de mim.
- ...
- E agora como a gente faz?
- Vamos apenas... observar?
- Observar?
- É
- Por que?
- Por que as vezes falar estraga tudo...
-...
-...

Nenhum comentário: