Por que um baú?

Bem, quem acompanha minha tentativa de escrever algo que seja bom ao leitor,vai poder voltar aqui, abrir o baú e ler, pensare espero eu que comente nos textos afinal, esse baú é para guardar pensamentos.
Deixe aqui o seu também.

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

por que?

- Por que eu devo te esquece!? Me diz de verdade por que eu devo fazer isso?, você pode me apontar inúmeros motivos para isso, as vezes que chorei por algo que disse, ou por todas as vezes que fiquei em um canto pensando se viria e não veio... Eu sei... é claro que eu sei de todos os erros, defeitos e falhas, na verdade, eu não sei todos, sei apenas os que consegui ver, mas... e daí? Por que eu devo te esquecer?
O jovem de costas para o quarto repetia isso inúmeras vezes com a cabeça baixa olhando pelas frestas da janela, e por fim disse uma vez mais, e outra um que saiu de sua garganta como um grito e trouxe junto as lagrimas em sua voz.
- Por que eu devo te esquecer? Me diz logo por que eu realmente não acho motivo para isso, e por mais que eu pense que deva te esquecer, e até tenha tentado tantas vezes... eu não vejo como... me diz... me fala como te esquecer, e por que fazer isso... vai me dizer que é por que eu nunca seria feliz com você? por que você tem um jeito forte?
Ele perguntou e o silencio ecoou no quarto uma vez mais... e mais uma vez ele suspirou fundo e disse.
- Bem... não tem nada que diga mesmo que me faça esquecer você, eu poderia te esquecer por tudo que você já me disse e me fez mal, mas as horas que simplesmente não disse nada apenas me olhou e me tocou os cabelos me fazem lembrar de ti ainda mais, eu poderia te esquecer todas as vezes que eu fiquei te esperando e não veio, mas toda vez que me lembro as vezes que você apareceu... eu não consigo que esquecer... Eu poderia te esquecer por seus erros seus defeitos... mas como? Se são eles que te fazem ser essa mulher que eu tanto admiro... amo... eu amo não apenas suas qualidades, mas também os seus defeitos...
- eu não te esqueço por que nunca achei motivo para isso, mesmo que eu procure, ou invente um monte... existe sempre algo mais forte que me faz nunca te esquecer... eu não te esqueço por que eu não lembro de você... eu SOU você... toda vez que me olho no espelho eu não me vejo... eu vejo na verdade a sua falta... eu só posso dizer que todas as vezes que ouvir seus suspiros todas as vezes que te olhar calada sentada mexendo em seu cabelo eu vou estar do seu lado só por que eu não consigo te esquecer... não... na verdade não é esse o motivo...
-Eu nunca vou te esquecer por que eu te amo... apenas isso...
O jovem então vira para o quarto... e olhando para a cama vê somente um bilhete que já fora lido tantas e tantas vezes nos últimos anos... “é melhor você me esquecer... A minha vida segue outro rumo... “ e os lençóis remexidos, a casa vazia , ela se foi... e ele... ele continua sem saber como fazer para se esquecer

Nenhum comentário: