Por que um baú?

Bem, quem acompanha minha tentativa de escrever algo que seja bom ao leitor,vai poder voltar aqui, abrir o baú e ler, pensare espero eu que comente nos textos afinal, esse baú é para guardar pensamentos.
Deixe aqui o seu também.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Fim de ano.

Não importa a religião, se você reza ou ora, se você acredita em um único deus, ou em um panteão de deuses, não importa, se vê o natal de uma forma cristã, pagã, ou politeísta, pouco importa se você não se empolga com canções natalinas, se decora ou não sua casa, se gasta fortunas em presentes, pouco importa se acredita que nasceu alguém nessa data a 2 ou 5 mil anos...

O que importa é que bem ou mal, certo ou errado nessa época do ano todos, independente da crença olham para si mesmos e para o ano que passou analisando, entrando e um período de inverno onde mergulham fundo em si mesmos para ver se foram ou não “bons Meninos” e esperançosos de serem melhores no próximo ano.

O que importa é saber entender que o outro pode não compartilhar sua fé, mas nem por isso ele deixou de ser bom, de tentar ser bom, e assim como você ele pode ter errado, pode ter acertado, mas assim como você ele passou pelos 12 meses do ano, assim como você ele respirou fundo nos últimos segundos do ano passado e desejou de verdade que o próximo ano fosse melhor...

O que importa é que todo mundo deseja sempre isso.
Boas festas, e um Feliz ano novo a todos.

Nenhum comentário: