Por que um baú?

Bem, quem acompanha minha tentativa de escrever algo que seja bom ao leitor,vai poder voltar aqui, abrir o baú e ler, pensare espero eu que comente nos textos afinal, esse baú é para guardar pensamentos.
Deixe aqui o seu também.

sexta-feira, 30 de março de 2012

Tarde da noite... um simples.... não é...

Algumas vezes na vida a gente se prende a fiapos, como velhos elefantes que por sua juventude foram amarrados e mantidos ali em cativeiro por longos anos impedidos de serem livres... algumas vezes somos assim, amarrados a esses fiapos de idéias, sonhos...

Pode doer, pode ser uma dor forte largar um sonho, largar uma paixão, largar um amor, mas a gente só sabe que é amor de verdade quando a gente acorda e olhando para o fato de estarmos sozinhos, de estarmos sem quem queríamos ter ou quem gostaríamos de ser, mas mesmo assim mesmo mesmo sem ter a gente percebe que prefere ver quem amamos e sonhávamos ter ao lado feliz, pode soar altruísta e falso mas é a verdade.

Assim como quem tira um espinho do Pé ou uma farpa das dobras da mão.
É triste, admito que perdi um tanto do que acreditava, perdi uma boa parte de mim de meus sonhos, de meus desejos... em fim... perdi a minha parte boa... perdi a crença nas pessoas, e no amor...

Rasguei a pele, puxei os espinhos... rompi as cordas...
Não sou um elefante... sou apenas um humano... um misero humano que erra... tropeça... e chora...
Em fim...

Acabou... foi bom... mesmo quando era ruim... hoje... simplesmente... não é...

Nenhum comentário: