Por que um baú?

Bem, quem acompanha minha tentativa de escrever algo que seja bom ao leitor,vai poder voltar aqui, abrir o baú e ler, pensare espero eu que comente nos textos afinal, esse baú é para guardar pensamentos.
Deixe aqui o seu também.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Alergia



Não adiantava apertar, puxar ou espetar... ele não sentia nada, a ponta do dedo  dormente não sentia sequer a aguda ponta da agulha, o médico de branco do outro lado da mesa espantou-se.

- A quanto tempo esta assim!?
- Não sei ao certo... acho que só reparei nisso agora.
- COMO ASSIM!?
- Não sei doutor... isso é ruim!?.
-Meu senhor,  de certa forma a dor é algo bom o senhor não a sentir pode por em risco seu corpo, a dor nos avisa de algo errado.
- Sabe doutor... acho que começou a uns anos atrás...
- Qual foi o primeiro sintoma !?
-Deixei de sorrir.... eu acho.
- ...!?
- É senhor eu comecei a não sentir graça em nada, depois deixei de chorar, no meu trabalho eu não sinto o ar condicionado frio... na rua eu não sentia calor...
- O senhor quer me dizer que não esta sentindo dor, frio, calor, e animo!?
- Isso doutor... eu não sinto mais nada...
- ...?
- Sabe, eu até que via uma vantagem nisso, Eu não sentia vontade de rir, nem de chorar, também não sentia dor... sabe doutor as primeiras dores que parei de sentir são as dores que ninguém quer sentir...
- ... entendo... e depois disso!?
- Depois disso comecei a não sentir mais dor de dente, e as dores do dentista... deixei de sentir quando dava uma topadinha na beira da mesa de centro... ou quando queimava a ponta dos dedos em algo quente... depois deixei de sentir, frio, calor alegria tristeza...
-A quanto tempo isso!?
- ... Desde que senti uma dor muito grande...
-Opa... dor de que? Costas? Cabeça!?
-Não senhor... a dor da perda...
- perda?
- Sim senhor... desde que perdi minha mulher ...eu nunca mais senti nada...
- Meus sentimentos, mas... Senhor... desculpe mas eu não sei o que fazer.... nunca ouvi na história da medicina um caso de analgesia congênita e a síndrome da neuropatia sensitiva autonômica crônica como a sua...
- O que isso quer dizer Doutor?
- Que o seu sistema nervoso esta como se estivesse anestesiado.
- Doutor... então temos um problema maior...- disse o velho levantando da cadeira e caminhando até a porta.
- E qual é senhor? – Disse o médico O acompanhando.
- Eu sou alérgico a anestesia...


Nenhum comentário: